Total de visualizações de página

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Rio que desagua

São gotinhas,
salgadas...
Elas vêm de dentro,
quando as emoções não conseguem se conter.

Elas não fazem distinção de sentimentos,
vêm na alegria e na tristeza...
É fruto da dor, ou do sorriso.

Começa como se a gente estivesse engasgando,
como se fossemos literalmente explodir,
um nó se forma na garganta,
e um grito rouco rompe a tênue linha que nos mantêm impassíveis.

E então elas vêm...
Primeiro em um olho,
depois no outro,
as vezes nos dois.
Elas se misturam ao cílios,
borram o rímel,
escorrem na bochecha...

Sentimentos libertados...
Quentinhas, como um pequenino rio saindo de nós.
Vão até o queixo, e pingam nas roupas, mãos,
e no que mais estiver por perto...
Elas contagiam.

O corpo inteiro corresponde,
compartilhando aquele momento.

Soluços, suspiros, gemidos.
E então vai acalmando,
o cérebro começa a agir,
as emoções são contidas...

Lágrimas, pela dor, ou amor.
Pelo riso, pela rima, pela ausencia.

Nosso pequeno rio particular.


Don't Let Me Get Me - P!nk

Hoje tô ouvindo P!nk... Gosto demais.

Essa foi a primeira música dela que ouvi..

Era adolescente... Na hora pensei... -"Nossa, essa é a minha música..."

E em vários outros momentos da minha vida ela continuou sendo a música da minha vida...

E depois vieram as outras.... Dela, ou de outros... 

Mas com certeza faz parte da minha trilha sonora...

 

 



----------------------------------------

 Não Me Deixe Comigo Mesma

Agora em primeiro lugar
Eu não suporto os times
Eu não tomo jeito
E as minha meias nunca estão limpas

Professores saíam comigo
Meu pais me odiavam
Eu estava sempre em uma briga
Porque eu não faço nada certo

Todo dia eu tenho uma guerra contra o espelho
Eu não posso assumir a pessoa me encarando

Eu sou um risco pra mim
Não me deixe comigo mesma
Eu sou o meu pior inimigo
É ruim quando você irrita a si mesmo
Tão irritante!
Não quero mais ser minha amiga
Eu quero ser qualquer outra pessoa

Eu quero ser qualquer outra pessoa

L.A. me disse:
'Você vai ser uma estrela pop'
Tudo que você tem que mudar
é tudo o que você é

Cansada de ser comparada
Com a maldita Britney Spears
Ela é tão bonita
Eu não sou isso

Então, doutor, doutor - você não quer por favor me receitar alguma coisa?
Um dia na vida de qualquer outra pessoa

Pois eu sou um risco pra mim
Não me deixe comigo mesma
Eu sou o meu pior inimigo
É ruim quando você irrita a si mesmo
Tão irritante!
Não quero mais ser minha amiga
Eu quero ser qualquer outra pessoa
Yeah

Não me deixe comigo mesma (não me deixe)
Eu sou o meu pior inimigo
É ruim quando você irrita a si mesmo
Tão irritante!
Não quero mais ser minha amiga
Eu quero ser qualquer outra pessoa

Então, doutor, doutor - você não quer por favor me receitar alguma coisa?
Um dia na vida de qualquer outra pessoa
Não me deixe comigo mesma

Oh, eu sou um risco pra mim, yeah
Não me deixe comigo mesma
Eu sou o meu pior inimigo
É ruim quando você irrita a si mesmo
(A si mesmo!)
Tão irritante
(Tão irritante)
Não quero mais ser minha amiga
Não, não
Eu quero ser qualquer outra pessoa

Não me deixe comigo mesma
Eu sou o meu pior inimigo
É ruim quando você irrita a si mesmo
Tão irritante!
Não quero mais ser minha amiga
Eu quero ser qualquer outra pessoa
(Não me deixe comigo mesma) (Não me deixe comigo mesma)